Ludo Educativo transforma ensino de tabuada em jogo divertido

É possível aprender tabuada de uma forma lúdica e sem decorebas? O grupo Ludo Educativo, vinculado ao CDMF, um dos CEPIDs da FAPESP, prova que sim em novo game

A didática do ensino de matemática no Brasil ainda é um desafio para os educadores. Segundo dados da Prova Brasil, apenas 12% dos adolescentes terminam o ensino fundamental na rede pública sabendo o esperado para aquela idade em matemática. Pensando neste cenário, o grupo de desenvolvimento de jogos educacionais Ludo Educativo, vinculado ao Centro de Desenvolvimento de Materiais Funcionais (CDMF), lançou o jogo TabuÁgua, que desafia os alunos a treinar tabuada de uma forma lúdica e divertida.

A coordenadora pedagógica do grupo, Marília Faustino, explica que o ensino de matemática, por muitas vezes, utiliza-se da memorização de passos e etapas, o que acaba desmotivando os alunos. “Pensando nesse público, que se sente desmotivado diante dos desafios da matemática, desenvolvemos o jogo TabuÁgua, inspirado no famoso jogo de tabuleiro Batalha Naval”, disse.


Como jogar?

Em TabuÁgua, o jogador pode competir com Godofredo, um ajudante do Secretário de Trânsito de Feijoville, cidade em que se passa o game, em uma batalha épica da multiplicação. O jogo é voltado para crianças de 8 a 10 anos e pode ser usado como uma ferramenta de ensino pelos professores.

ludo-educativo-cdmf-ufscar-game-tabuagua-tabuada-matematica-image-2

No jogo, o estudante é estimulado a resolver contas de tabuada para arremessar a bola e revelar um rival. Nessa disputa o tempo de resolução é importante, pois existe um limite de tempo para que o jogador insira sua resposta. Quanto mais rápido responder, mais pontos fará. O game pode ser acesso pelo link: http://portal.ludoeducativo.com.br/pt/play/tabuagua

Ferramenta de aprendizado

O coordenador do CDMF, professor Elson Longo, comenta que o jogo pode ser uma ferramenta de aprendizado em sala de aula, auxiliando o professor a ensinar as contas básicas da matemática de uma forma mais atrativa ao aluno. “A batalha naval é um jogo popular que induz a imaginação e criatividade. O jogo TabuÁgua fomenta também o aprendizado da aritmética, auxiliando os estudantes no seu aprendizado da matemática”.


Sobre o Ludo Educativo

O Ludo Educativo é um projeto de extensão universitária que surgiu em 2012, conta com 900 mil acessos mensais e tem jogos gratuitos sobre diversos assuntos que estão presentes no dia a dia de crianças e adolescentes, como a escassez de água, preservação do meio ambiente e a preparação para o vestibular.

Um dos jogos mais acessados do portal é o Contra a Dengue, em que os alunos precisam acabar com os focos da doença pela cidade. Para jogar, clique aqui.

A equipe do projeto é formada por designers, programadores e pedagogos da Aptor Software, uma empresa spin-off que surgiu nos corredores da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e Universidade Estadual Paulista (UNESP). Conheça mais jogos do grupo no site http://portal.ludoeducativo.com.br.

O CDMF é um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPID) apoiados pela FAPESP. O Centro também recebe investimento do CNPq, a partir do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia dos Materiais em Nanotecnologia (INCTMN), integrando uma rede de pesquisa entre UNESP, UFSCar, Universidade de São Paulo (USP) e Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN).

Ludo Educativo
Sobre Ludo Educativo 8 Artigos
Ludo Educativo nasceu de uma iniciativa conjunta da Aptor Games e Centro de Desenvolvimento de Materiais Funcionais (CDMF), um dos 11 centros de excelência (CEPIDs) da FAPESP e o Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia dos Materiais em Nanotecnologia (INCTMN).