Ludo Educativo lança o Acesso Belíssimo, novo jogo sobre a acessibilidade urbana

As questões de mobilidade urbana e acessibilidade estão cada vez mais em pauta.

O Ludo Educativo tem o prazer de apresentar seu novo lançamento, o Acesso Belíssimo. Nesta aventura o jogador controla um novo secretário ou secretária responsável por garantir o acesso dos Feijovillenses a qualquer ponto de sua cidade, a amada Feijoville. Para tal o jogador conta com o auxílio de Godofredo, seu fiel ajudante. Passando desde o perímetro rural até o abarrotado centro metropolitano será tarefa do jogador garantir a construção de rampas de acesso em diversos pontos da cidade. E não é só isso, para ter sucesso em sua empreitada o jogador também deverá estar atento as necessidades específicas de cada cidadão, fornecendo pisos táteis para deficientes visuais bem como consertando calçadas e movendo árvores para garantir o livre movimento de usuários de cadeiras de rodas. Ao garantir a livre circulação dos Feijovillenses o jogador obtém recursos – provenientes de tributos – para reinvestir na acessibilidade das vias públicas de Feijoville. “Com uma temática atual e uma jogabilidade ágil, o jogo garante diversão e informação para todas as idades”, afirma Gabriel, coordenador do desenvolvimento do novo jogo que pode ser jogado no seguinte link: http://portal.ludoeducativo.com.br/pt/play/acesso-belissimo

Acessibilidade Urbana

Estima-se que mais da metade dos habitantes do planeta vivem nas cidades. Prevê-se que até 2050 mais de dois terços da população mundial será urbana. No Brasil a população urbana já representa 84,4% do total, de acordo com o Censo 2010. Não é sem motivos que as questões de mobilidade urbana e acessibilidade estejam cada vez mais em pauta. No passado estas noções eram estritamente ligadas ao automóvel. Hoje em dia, com a saturação de veículos e engarrafamentos, nós vemos que tudo realmente começa é nas calçadas, onde as pessoas transitam diariamente para seus trabalhos. Pessoas com alguma deficiência física representam de 10 a 12% da população mundial. Destes, 80 a 90% vivem em países em desenvolvimento, dos que tem idade para trabalhar 80 a 90% permanecem desempregados, em boa parte devido as dificuldades encontradas para que se locomovam pelo espaço público. O investimento em mobilidade urbana e acessibilidade tem impacto direto na qualidade de vida destas pessoas, permitindo que se locomovam livremente pelo perímetro urbano, garantindo seu acesso à lazer e trabalho, possibilitando e facilitando a inserção destes cidadãos no mercado de trabalho e incentivando a economia.

Sobre o Ludo Educativo

O Ludo Educativo é um projeto de extensão universitária que surgiu em 2012 e tem jogos gratuitos sobre diversos assuntos que estão presentes no dia a dia de crianças e adolescentes, como a escassez de água, preservação do meio ambiente e a preparação para o vestibular. Um dos temas atuais abordados nos jogos é a preservação do meio-ambiente e sustentabilidade, assuntos estes intimamente ligados a produção e consumo de produtos orgânicos.

A equipe do projeto é formada por designers, programadores e profissionais do audiovisual da Aptor Software, uma empresa spin-off que surgiu nos corredores da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e Universidade Estadual Paulista (UNESP), que atua em parceria com o Centro de Desenvolvimento de Materiais Funcionais (CDMF), um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPID) apoiados pela FAPESP. O Centro também recebe investimento do CNPq, a partir do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia dos Materiais em Nanotecnologia (INCTMN), integrando uma rede de pesquisa entre UNESP, UFSCar, Universidade de São Paulo (USP) e Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN).

Texto: José Angelo Santilli