Estudo sobre antioxidantes recebe menção honrosa no prêmio CAPES

Doutorado desenvolvido na UFPB foi premiado na área de Ciência de Alimentos

A aluna de doutorado da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) Ângela Maria Tribuzy, recebeu menção honrosa no Prêmio Capes de Tese 2014 na área de Ciência de Alimentos. O estudo, intitulado Desenvolvimento de bioaditivos antioxidantes para otimização da estabilidade oxidativa de óleos comestíveis investigou a capacidade antioxidante de 24 extratos vegetais que podem ser usados em óleos comestíveis, como milho, soja e girassol.

A pesquisa de doutorado teve orientação de Antonio Gouveia de Souza e coorientação de Antônia Lúcia de Souza, pelo Programa de Pós-Graduação de Ciência e Tecnologia de Alimentos da UFPB, integrando uma rede de pesquisa com o Centro de Desenvolvimento de Materiais Funcionais (CDMF).

Os óleos comestíveis são fontes importantes de energia, vitaminas lipossolúveis e de ácidos graxos essenciais. Entretanto, são altamente suscetíveis a processos oxidativos, sendo necessário o uso de aditivos antioxidantes. As indústrias que fabricam óleos utilizam aditivos de natureza sintética, porém, segundo a autora do trabalho premiado, existem várias restrições quanto ao uso dessas substâncias. “Os aditivos sintéticos têm efeitos nocivos atribuídos à saúde humana”, explicou Tribuzy.

A pesquisadora estudou o potencial antioxidante de 24 extratos vegetais, dentre eles unha-de-gato, açafrão, canela, chá branco, erva-cidreira, manjericão, guaraná, cravo, alecrim e camomila. Após a análise dessas subestâncias, a aluna de doutorado concluiu que os extratos de unha-de-gato, açafrão, alecrim, chá branco e canela apresentaram boa resistência térmica, indicando que podem ser utilizados como aditivos antioxidantes em óleos comestíveis. Outro destaque da pesquisa é o extrato de alecrim, que, quando aditivado em óleos vegetais exibiu um efeito protetor superior aos demais extratos antioxidantes testados, inclusive aos sintéticos já existentes no mercado.

Fernanda Vilela
Sobre Fernanda Vilela 49 Artigos
Assessora de Comunicação e Imprensa do Centro de Desenvolvimento de Materiais Funcionais (CDMF).