Professor da Aix Marseille Université, França, visita CCMC para reunião colaborativa

No ano de 2008, teve início no Grupo de Pesquisa Crescimento de Cristais e Materiais Cerâmicos (CCMC), estudos sobre sensores de gás, liderados pelo Prof. Valmor Mastelaro e motivados por uma colaboração científica realizada com pesquisadores da Universidade Aix Marseille, França. Nestes sete anos, o CCMC, em parceria com a instituição de pesquisa francesa, vem realizando diversos trabalhos de destaque internacional na área de materiais sensores. A colaboração com a Universidade francesa, é chefiada pelo Prof. Khalifa Aguir, o qual esteve nesta semana no CCMC para uma reunião com o Prof. Valmor Mastelaro, em conjunto com os pesquisadores Ariadne Catto (CCMC) e Luis Fernando da Silva (LIEC/CDMF).

A doutoranda Ariadne Catto, orientanda do Prof. Valmor, se dedica ao estudo de materiais sensores  realizando uma pesquisa colaborativa  com os pesquisadores franceses, liderados pelo Prof. Khalifa, que consiste em sintetizar filmes espessos de óxidos de zinco (ZnO) utilizando diferentes técnicas (Pechini, Hidrotermal e Sputtering), além de estudar o efeito da adição de cobalto sobre a performance dos dispositivos sensores.  O Prof. Valmor, avaliou a colaboração e a reunião realizada com o pesquisador francês: “Durante 4 anos tivemos uma estreita colaboração com o grupo de pesquisa do prof Khalifa. Apesar do projeto de cooperação vigente à época ter terminado, nossa colaboração continua através da realização de pesquisas em conjunto. Atualmente estamos vendo quais seriam as possibilidades de dar continuidade a esta colaboração na área de materiais sensores de gás. Atualmente o Prof Khalifa está envolvido no projeto de doutorado da Ariadne e talvez no futuro no projeto de doutorado do nosso outro aluno, Anderson. Temos uma expectativa que no próximo ano possamos novamente estabelecer algum tipo de colaboração que beneficie ambos os grupos de pesquisa”, concluiu. As colaborações na área de materiais sensores são uma porta aberta para a contribuição do CCMC à sociedade, sobretudo nos dias atuais, que nos defrontamos com uma realidade a qual necessita de atenção, como por exemplo, processos industriais e a grande quantidade de veículos automotores que geram diferentes tipos de gases tóxicos. O resultado destes processos é preocupante uma vez que estes gases, quando inalados de acordo com sua concentração na atmosfera, podem causar danos ambientais e à saúde humana e animal.

Amanda Murgo
Sobre Amanda Murgo 134 Artigos
Educadora do Laboratório de Difusão Científica (LaDiC) do Grupo Crescimento de Cristais e Materiais Cerâmicos (CCMC/IFSC/USP) no âmbito das ações de Difusão Científica do CDMF. Assessora de Comunicação do CCMC/LaDiC/CDMF desde 2010. Bacharel em Filosofia pela Universidade Federal de São Carlos com estágio no Projeto "História da Ciência e Meio Ambiente - as demandas por energia através da História" (CCMC/IFSC/USP/CDMF) de abril de 2013 a julho de 2014. Atua ministrando cursos de Educação Ambiental em escolas de Rede Básica de Ensino e Educadores com a temática pelo CDMF até os dias atuais.